Debconf6 – [PARTE 1]

Momento pos-debconf, direto de Acapulco, Mexico. Muita chuva e internet gratis no hostel. Teclado sem acentos.

Debconf6 foi demasiadamente intensa. Cheguei no ultima dia da Debcamp. Havia um grupo no aeroporto esperando o pessoal que chegaria naquele dia. Cheguei a tirar uma foto daquele momento legal e logo depois fui reprimido por um agente federal. No entanto nao a apaguei da minha camera.

Recepcao no aeroporto

Chegando em Oaxtepec encontrei meus amigos brasileiros Otavio, Stela e Faw. Fui revendo tambem aos poucos bastante gente legal que conheci na Debconf5. O clima no hotel nao estava muito bom, pois havia serios problemas na infraestrutura de rede, o que deixou o povo sem internet a maior parte do tempo durante a Debcamp. Gunnar desabafa sobre o assunto em [0]. Sem ter como trabalhar, muitos DDs se envolveram com as belezas naturais do local [1] e/ou com o gtetrinet [2]. As criticas comecaram a aparecer quando a internet estava de volta e alguns ainda preferiam curtir o local, que era de fato tentador. Eu nao tenho parametros pra opinar se essa Debconf foi mais ou menos produtiva que as anteriores, mas ao menos notei que, talvez pela beleza e grande dimensao do local, as pessoas estavam mais dispersas que nas duas anteriores.

Local tentador

Meus dois primeiros dias foram marcados por um pouco de estresse, causado por alguns problemas de conectividade e outro no meu sistema de arquivos que quase me deixa na mao. O Otavio estava trabalhando com o Vagrant no LTSP. Reestruturaram o codigo, que agora possui uma arquitetura de plugins baseado em vendours, o que garante uma flexibilidade, como ele comenta em [3].

[0] https://debconf6.debconf.org/blog/2006/05/12#gw_sad
[1] https://gallery.debconf.org/debconf6
[2] http://gtetrinet.sourceforge.net/screenshots/gtet-fields.png
[3] http://otavio.ossystems.com.br/?p=63

%d bloggers like this: